Fanex

Fanex

Você está preparado para o mercado de trabalho futuro?

Vamos falar agora como será o mercado de trabalho do futuro!

O MERCADO DE TRABALHO DO FUTURO

Será que devemos esperar o futuro para fazer as mudanças necessárias ou já podemos fazer as mudanças aqui e agora? Afirmo a você que a segunda opção é a mais indicada!

 Se você ainda está na primeira opção fica aqui comigo porque vamos falar um pouco sobre empregabilidade x trabalhabilidade. Creio que alguns nomes devem ser considerados aqui e devemos nos familiarizar com eles, são: Empoderamento profissional, Empregabilidade e Trabalhabilidade.



EMPODERAMENTO PROFISSIONAL: É um processo no qual, por meio da conscientização e da informação, é concedido o poder a uma pessoa ou a um grupo delas.

O Empoderamento não pode ser confundido com você ter mais poder que outras pessoas, ter mais direitos não, a melhor forma de definir o empoderamento é conceituando essa expressão como a capacidade natural ou adquirida de desempenhar qualquer ação de forma consciente.

Esse conceito e importante para os outros dois conceitos que vamos falar aqui e que remontam ao passado, em meados de 1960.

Na década de 60 para hoje existiram várias gerações influenciadas por momentos diferentes como o aumento da industrialização, o barateamento da tecnologia, a globalização e o avanço nos meios de comunicação que vieram a encurtar distâncias e dessa forma influenciar as gerações com mudanças significativas na forma de se relacionarem e produzirem. Nessa década as relações de trabalho eram de longo prazo, o que significava que um trabalhador entrava em uma empresa e ficava nela até se aposentar, algo que vem se modificando ano após ano.

            Para desenvolver mais o tema vamos falar sobre o termo EMPREGABILIDADE. Este por sua vez, surgiu na década de 90 com as transformações causadas pela globalização e surgimento da internet. Ela nada mais é que você trabalhar nas suas competências e experiências além de atualização profissional (Constantemente investindo em seu desenvolvimento, tornando-se atraente ao mercado de trabalho - Empregável).

O foco da empregabilidade e sempre manter-se atraente e atualizado para o mercado de trabalho. Ela é algo importante para todas as idades e experiências profissionais e pode te auxiliar na busca de um novo emprego, melhoria salarial ou recolocação profissional.

Agora vamos focar no futuro, pois o mercado de trabalho do futuro não vai focar em empregabilidade e sim em trabalhabilidade. Gravem esse nome.

 

Nos dias atuais o futuro foca em TRABALHABILIDADE que significa você desenvolver suas competências e seus talentos, fortalecendo suas experiências e se atualizando profissionalmente possibilitando a geração de oportunidades em RENDA, e trabalho.

trabalhabilidade foca em está atrativo para as empresas, já Empregabilidade foca não nas empresas e sim na possibilidade do profissional construir suas próprias oportunidades, e isso nos leva um uma outra palavrinha bem falada ultimamente que se chama EMPREENDEDORISMO.

Diferente do que a gente aprende por aí, empreendedorismo não é a gente abrir uma empresa, é uma competência, uma atitude que já é muito valorizada e procurada por algumas empresas no mercado de trabalho. Você pode empreender com suas ideias sendo empregado dentro de uma empresa ou mesmo sendo empresário com inovações, com projetos.

A trabalhabilidade foca muito em você ser o responsável pelo seu crescimento e desenvolvimento, em você ser o protagonista da sua carreira! Em você ser o responsável por gerar e criar oportunidades constantemente independentemente de você ser CLT, autônomo ou empresa. 

            Vocês já notaram que ainda hoje as pessoas tendem a colocar a culpa de não terem uma carteira assinada aos outros (governo, prefeituras, empresas) e acabam se esquecendo que a obrigação para estar preparado para as oportunidades não é deles, e sim e uma atitude proativa do próprio profissional. Esse tipo de profissional despreparado acaba se frustrando pois não consegue uma condição de emprego adequada, vindo a migrar para o subemprego com baixos salários e poucas condições de trabalho. Esse profissional não está preparado para a época atual, quanto mais para o futuro que está chegando.

Pessoa não pensem que isso tudo que eu estou falando vai acontecer só lá no futuro, pois a verdade é que já estamos passando por uma transformação constante que se iniciou com a 1 revolução industrial e de lá para cá vem se tornando cada vem mais rápida. Na verdade, o futuro já está acontecendo aqui e agora!

O CLT não vai acabar, mas ele vai ter um espaço cada vez menor no mercado de trabalho, cada vez mas nós vamos nos aproximar com o que acontece nos EUA, onde o home office é muito mais presente, onde a educação a distância e hibrida está muito mais difundida, onde você não precisa sair todo dia de casa e pegar horas de engarrafamento para ir a uma universidade, pois a universidade está a sua porta!

Prestem a atenção! Quanto mais resistente você for, maior a possibilidade de não haver espaço para você nesta nova transformação, maior a possibilidade de você ficar dando murro em ponta de faca e acabar sofrendo pela sua resistência a mudanças.

Darei agora 6 orientações para as pessoas estarem a frente na corrida a esta revolução profissional:

 

1.     MENTE ABERTA PARA AS MUDANÇAS – Mesmo que você não esteja confortável com o que está acontecendo é inevitável você participar disso, é necessário. Se você está esperando um emprego CLT e acha isso um pouco complicado no momento, comece a considerar começar a empreender, a se reinventar. Provavelmente você tem talentos e competências incríveis que podem te fazer uma pessoa de sucesso, só basta você acessá-los, mas você está com a crença limitante que somente emprego CLT é a solução da sua vida.

 

2.     FORTALEÇA SEU NETWORKING – Desenvolva sua rede de contatos para que você consiga se relacionar com o maior número de pessoas, isto é importante para geração de valor e construção de influências para o desenvolvimento de projetos.

 

3.        CAPACIDADE DE APRENDIZADO – Ela é uma das principais competências do profissional do futuro, chamada de uma meta-competências do profissional do futuro;

  

4.   FORTALEÇA E DESENVOLVA SUA INTELIGENCIA EMOCIONAL – Você pode fazer isto através de leituras, de cursos, de terapias, pois estas quem vão te ajudar a se autoconhecer e se aprofundar em si mesmo.

 

5.    DESENVOLVA O PROTAGONISMO - Não espere pelos outros, seja você o construtor de seu futuro, assuma as responsabilidades por seus erros e acertos, pelas suas conquistas e fracassos. A responsabilidade não precisa ser um fardo e sim um orientador de suas ações, algo estratégico que ira de conduzir aos seus sonhos; 

6.  SEJA GESTOR DE SEU DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL – Isso quer dizer que você não pode ficar aguardando que uma empresa te contrate e depois coloque você para aprender o que ela precisa, para ela te pagar um curso, fazer um treinamento, pois isto não vai mais acontecer, você deve se desenvolver pessoal, profissional e intelectualmente por conta própria. Não esperem pessoas ou empresas darem oportunidades, vocês devem criar as oportunidades!

 

A pessoa que é gestora de seu desenvolvimento não fica aguardando alguém dizer para ela o que ela tem de fazer, ela busca, ela identifica, ela procura os cursos, quer ser técnicos, profissionalizantes ou faculdades que tem de adquirir, ela tem de ter essa percepção. Olha que isto já está acontecendo!

  

Esses são algumas competências que irão de fortalecer e guiar a sua trabalhabilidade para você não se tornar ferramenta de tropeço de si mesmo. Não espere o futuro, começa aqui e agora!